Pulverizador Balance

Guarany

Langage de conception

O potencial de transformação de um produto para uma marca é maior, quando transforma a vida de quem o usa

A agricultura artesanal é de extrema importância em qualquer sociedade, em especial na África, mercado visado pela Guarany. A característica deste tipo de agricultura na África é que ela normalmente é feita pelas mulheres, tendo os homens outras funções na comunidade.

chelles-e-hayashi-design-portfolio-guarany-pulverizador-balance-sustentabilidade-produto-experiencia-mulher-negra-feira


Para entendimento do problema, utilizamos dados etnográficos fornecidos pela Food and Agriculture Organization of United Nations / Africa e entrevistas com usuários no Brasil, além de uma pesquisa realizada pela Feagri/Unicamp. Realizamos também jornadas de experiência de uso de pulverizadores intercostais com os designers envolvidos no projeto.

Versão anterior de Pulverizador: grande fadiga gerada depois de pouco tempo de uso


O produto anterior não apresentava diferenciais competitivos claros, o que o tornava sensível a estratégias agressivas de preço dos concorrentes. Além disso, as jornadas de experiência de uso demonstraram muito desconforto e ergonomia crítica em 3 pontos, considerando a jornada exaustiva das usuárias no campo:

  • Acomodação incômoda do tanque nas costas, faltando uma geometria correta ao formato das costas de uma mulher.
  • Cansaço no uso da alavanca de pulverização, por posição inadequada do cabo gerando torções não naturais e com provável dano a longo prazo.
  • Peso excessivo apoiado sobre os ombros e consequentemente a coluna cervical, quando o correto seria distribuir o peso apoiando boa parte dele nos quadris, o que não onera a coluna.


Em nossa pesquisa identificamos que mochilas femininas para trekking possuem alças com formato que não incomodam os seios, e uma cinta de apoio lombar.


O formato do tanque passou a fazer sentido em relação à coluna vertebral de uma mulher. Além disso, mudamos o ângulo da pega da alavanca para um natural que não força o pulso, criando também um sistema no qual o cabo roda, reduzindo os movimentos do pulso no acionamento.


Os pés do tanque foram redesenhados para que sua montagem fosse mais fácil e eles ficassem mais firmes e estáveis. Também foi melhorado o sistema de regulagem das alças para maior simplicidade e ergonomia. Criamos um formato trapezoidal com maior volume na parte de baixo, de forma a baixar o centro de gravidade e fazê-lo ficar próximo à região lombar.