Capacete Scage

Zoe

Produto Otimização Estrutural

Movimento e liberdade podem correr de mãos dadas com conforto e segurança.

A ciência, a tecnologia e a imaginação se unem nesse projeto para gerar uma solução visionária.

Maurício Paranhos é um Neurologista residente em Campinas, baterista amante de Rock. Ao longo de 20 anos acompanhando pacientes vítimas de traumas sofridos principalmente por acidentes de moto, reparou em uma contradição: pessoas que chegavam no PS com graves danos cranianos, por vezes com exposição de massa cefálica, sobreviviam, enquanto outras sem nenhum dano aparente vinham a falecer por conta de danos internos às vezes muito mais sutis.

Aprofundando a pesquisa tanto dos danos clínicos quanto da solução de proteção oferecida pelos capacetes, ele concluiu que a principal causa de morte está relacionada com a rotação brusca do crânio, gerada pelo torque oferecido pela tamanho excessivo dos capacetes usuais de mercado. Além desse fator, somam-se dois outros que ficaram evidenciados na pesquisa:

  • A maior parte dos capacetes disponíveis é baseada em um projeto da década de 40, que propõe uma camada simples de isopor para absorção de impacto, ineficaz em velocidades de impacto maiores que 20 km/h.
  • Os testes de segurança da norma apenas medem o impacto na parte superior do capacete, utilizando um modelo de cabeça que não simula adequadamente a geometria natural do crânio humano. Estes testes ignoram a realidade das forças que ocorrem num acidente típico, permitindo que sejam colocados no mercado produtos relativamente inúteis.

O processo de desenvolvimento envolveu uma pesquisa com lojistas de motocicleta em diferentes segmentos de mercado, bem como entre usuários. Foram desmontados diversos capacetes para avaliação de soluções estruturais, e digitalizamos em 3D uma cabeça média real, para termos a certeza de que os modelos matemáticos seriam fiéis. Também modelos a cabeça de prova dos testes da norma a fim de avaliar como é sua adaptação no mundo real.

Chinese Headforms. The first set of 10 headforms for use in designing... |  Download Scientific Diagram

Cabeças Dummy para testes da norma têm pouco a ver com cabeças humanas reais

O projeto do capacete Scage, que tem como base a patente de Maurício Paranhos e visa equacionar os problemas dos produtos atuais.  Tem como foco primário a redução do volume do capacete para reduzir as acelerações angulares no impacto.  Utiliza um modelo de amortecimento com 3 camadas de espuma com densidades diferentes, sendo uma delas viscoelástica – esse modelo bio-mimético simula e amplifica a microestrutura da calota craniana, evoluída ao longo de milhões de anos para absorver impactos, mas apenas de um indivíduo correndo com suas pernas, não montado sobre uma moto.

Micro-estrutura de osso humano do crânio


Outro detalhe importante está relacionado com o direcionamento da energia de impacto. Existem regiões da cabeça onde os ossos são mais duros, e portanto há mais capacidade de absorção, levando à necessidade de concentrar os apoios nestes pontos.

Pontos de apoio onde os ossos do crânio são mais fortes


O Scage possui um sistema de remoção de queixeira, para se converter de forma modular em um capacete aberto para passeios em velocidade reduzida.